Projeto: exercício criativo com painho

A Viúva e o Carcará

O Sítio estava ficando bonito. A casa caiada, os enfeites balançando no quintal. Bandeirinhas, balõezinhos, umas fitas coloridas e tudo que eu tinha direito. Minha diversão era pouca na vida; cuidar daquele lugar, cozinhar, fazer queijo, cuidar das minhas galinhas, bater beira com as comadres e paparicar aquele homem a quem eu chamava de meu marido mesmo que não fossemos casados de direito. De fato, já havia sido consumado de cabo a rabo, com perdão do trocadilho que eu sou mulher de Deus, mas nessa vida se faz de tudo na cama, pelo menos por amor ou pelo menos uma vez na vida.

Todo ano esse homem inventava uma festa para o Mundo Novo. Gostava de se amostrar, coisa de neo-coronelismo. O povo amava meu marido e amava ainda mais a festa. Era coisa de se ouvir comentários na rua bem um mês antes. Já depois do carnaval o moído começava. Lá em casa, era o ano todo. Mal o São João findava a gente já estava planejando o próximo ano. Era trabalhoso, mas eu amava. Amava mesmo. Era nosso projeto em comum, o filho que não tivemos.

No último ano estava tudo indo muito bem, quem plantou milho teve milho, quem plantou feijão teve feijão e até tomate, colheita dificultosa, deixou quem investiu feliz. Eu estava radiante com isso e lembro-me de ter pensado, como é bom viver. Agradeci a Deus vendo as cabras voltarem pro curral e entrei em casa decidida a cuidar melhor da nossa saúde, era preciso ter mais tempo para aproveitar a vida. Um dia passou, o outro também, quando vi, a fogueira já estava montada e pronta pra acender. Coisa corrida é dia de festa.

Dançamos tanto essa noite, tanto. Ficamos molhados de suor. Ele muito mais. Notei que a camisa estava empapada, mas a gente não saia do salão. Era muita satisfação, alegria, a festa estava linda, o povo satisfeito. De longe a gente ouvia os comentários sobre a fartura de bebida e comida e isso nos deixava mais animados. Dançávamos e foi assim, no meio de um xote, que ele caiu no chão. Duro. Mortinho. Fulminante, os médicos disseram. Perguntaram se eu não notei os sintomas. Mas o homem estava dançando! Que sintomas? Suor, falaram. Suor, por exemplo. Ué, mas quem dança sua, não é mesmo?

Daí para frente foi uma confusão tão grande que eu nem saberia por onde começar. Mas posso resumir porque o dia já vai findando e já chega a hora de me levantar e voltar pra casa. Pois veja só você que eu, sem filhos, não tinha direito a nada. Pelo menos era assim que os outros herdeiros bradavam. Um absurdo, não é? E eu ia fazer o quê da vida se tudo que fiz foi cuidar e amar aquele homem, o pai deles?

Eu ganhei, viu? Eu ganhei tudo direitinho. A casa não, que os filhos fizeram muita questão e eu já estava cansada de brigar. Mas fiquei com uma pena danada. E o São João do povo de Mundo Novo? Só eu estava pensando nisso e estava além da minha capacidade. Se eu amei de novo? Não sei se era amor. Mal o defunto esfriou e eu já estava de namorico. Foi uma paixão louca, homem mais jovem, uma desgraça para uma mulher matuta como eu. Ele devia dinheiro ao falecido. Os filhos não sabiam e eu quis dar uma de sabida. Fui lá cobrar e veja só, deu umas agonias, não resisti. Caí em tentação.

Quer saber como terminou? Terminou que eu perdi quase tudo, mas ainda brigo na justiça por uns trocados. Só parei aqui pra conversar por causa dessas bandeirinhas. Está tudo bonito, viu comadre? De repente passo aqui mais tarde para comer uma pamonha. A senhora guarde pra mim, por favor. Essa época é muito saudosa. A senhora lembra como o sítio ficava bonito? Ficava demais, não era mesmo? Eu fazia tudo com muito esmero. O finado também. Coisa boa é noite de São João. Esse ano não vai ter festa, comadre. Mas se escutarem alguma coisa vinda lá de cima da nossa antiga casa, não tenha medo.

É o meu velho dando a festa preferida dele.

Anúncios

Uma opinião sobre “Projeto: exercício criativo com painho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s