existe beleza no que é feio

O sonho da vida burguesa, eis o terminal de encontro de todos os desejos. É um local surpreendente, pelo aspecto de surpresa mesmo, que causa em todo mundo que chega ali; talvez e principalmente, nos que renegavam a vida calma e simples, de carnês de prestações e roupas compradas em grandes magazines. A vida pacata dos que não guardam dinheiro, pagam mensalidade escolar, carro. A existência medíocre e feliz daqueles que se apertam em 2 quartos onde deveria ser apenas 1.

Todos aqueles cabeludos e meninas existencialistas e também os artistas e os preguiçosos e os idealistas e os proteladores, irão esticar o braço um dia, na avenida dos desesperados, e no lugar de uma carona, fantasia dos road movies, irão ganhar vento na cara, dos coletivos que não vão parar.

O tempo, esse gaiato intransigente, só anda para frente. Não existe redenção com esse camarada. Então, anda-se a pé. Segue-se com os próprios pés entre canteiros desmatados e animais selvagens que se escondem nos arbustos enegrecidos de fuligem e outros seres embrutecidos pela desilusão. Foge-se da velocidade dos outros que querem chegar em primeiro lugar e o que resta é se disfarçar de humildade e descaso, tentando garantir algum lugar que seja.

Todas as luzes da cidade, todas as paredes descascadas, todos os gritos de prazer e todo o sexo feito para aliviar o vazio, a dor, a ansiedade, o desejo de reprodução, todos os insights e toda a ilusão de achar que se faz parte de algo. Todo o amor que a gente não sabe por que sente, entranhado nas nossas veias, a superação da mágoa e o dia seguinte.

Acordar para quê?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s