Sol em áries

Acordei com a barriga roncando, os ossinhos da bacia se mostrando e com a camisola enrolada quase na altura dos meus seios. Enquanto me espreguiçava dando bom dia para o sábado de sol, por alguns momentos me senti magra, me senti como alguém que nunca teve um segundo sequer de insegurança ou insatisfação com o próprio corpo, senti um estranho prazer, talvez excitação, por ser aquela a usar uma calcinha rosa com ossos protuberantes. Sigo o ritual de sempre para começar o dia, como prender o cabelo para trás, tomar meio litro de água e atrapalhar você, no que quer que você esteja fazendo. Geralmente você medita, faz yoga, assiste lutas do UFC, contradizendo todo e qualquer padrão, contradizendo todas as pessoas chatas, mostrando para mim, momento após momento, dia após dia, o porquê de eu te amar. Eu, que detesto os bobos, os que não têm maleabilidade, os vegans, os radicais e os que gostam de se dizer artistas ou intelectuais, sinto cada dia mais orgulho por ser eu mesma; um pouco do sertão, um pouco da praia, um pouco meus pais, um poucos os astros, um pouco você, e, portanto, ninguém.

Anúncios

3 opiniões sobre “Sol em áries

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s