So fucking hot

Se eu disser que está quente minhas palavras irão apenas soprar o bafo da obviedade.
Então eu digo em silêncio para mim mesma, sem muito esforço que é para não aumentar ainda mais a temperatura.

– Está quente pra caralho.

Em inglês parece mais dramático, o que me faz pensar novamente e em outra língua, o que configura um esforço excessivo por causa de uma bobagem.
Como o que faço agora, tentando acentuar as palavras neste computador.
Não vem ao caso.
O calor sim, deveríamos estar falando dele, do quanto meu cabelo está ficando feio, contrariando todas as expectativas e dando a razão para os invejosos de plantão que um dia me viram na rua e pensaram: isso sim é um cabelo bonito.
Benza Deus.
Quer saber o que eu fazia para manter a fama capilar?
Nada.
Usava xampu de criança, lavava todo dia mas, agora, na estação inferno, vivo com ele preso. Provavelmente para esconder o mau cheiro enquanto divido o elevador com pessoas que trabalham comigo, vejo todo dia, e mesmo assim, não conheço.
Sei que elas estão incomodadas, como eu também estou.
Cada um tem o cabelo sujo que merece.
Afora a cordialidade com que nos cumprimentamos diariamente, a única coisa que divido com elas é o desconforto climático.
Sendo assim, como aqueles que possuem alguma intimidade, mantemos o assunto em pauta sempre que nos vemos. E nós nos vemos quando chegamos ao escritório, quando subimos em uma caixa de metal que dá frio na barriga. É lá que falamos sobre o tempo.
Mas, não hoje.
Hoje está quente demais até para falar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s