Algo entre

Hoje não escutei música, só a televisão do vizinho.

Essa sou eu, te dando outra chance.

Nem maldisse a louça suja, nem planejei a próxima fuga.

Essa sou eu, dizendo que te amo.

Hoje eu bati o teclado com força enquanto conversávamos.

Essa sou eu, quando ninguém está olhando.

Depois respirei fundo, e sosseguei com um grito em caps lock.

Essa sou eu, ainda aprendendo meus limites.

Hoje eu tirei a poeira do mat e fiz yoga na sala.

Essa sou eu, como aos 15 anos.

Depois tomei banho e fiz o jantar sem o peso das horas passadas.

Essa sou eu, sem medo de ser a mulher que fica te esperando.

Hoje eu não parei de pensar no que vamos fazer amanhã.

Essa sou eu, com a cabeça no futuro e o coração flutuando.

Depois comecei a sonhar e adormeci nos planos que escrevemos.

Essa sou eu, a mesma de sempre. Só que diferente.

Hoje eu não recebi nenhuma resposta.

Hoje eu não fiz o que deveria ter feito.

Hoje eu não li o que deveria ter lido.

E mesmo assim, essa sou eu, aquela que continua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s