Em algum lugar, há uma praça

A calçada tem cheiro de chuva
até meus sonhos
têm cheiro de chuva
meus sonhos têm tudo
são como um hd externo
de incontáveis terabytes
guardam inclusive esses quadros
que eu chamo de palavras
e para os quais gosto de olhar
no intervalo do café
que hoje eu tomei com açúcar
e me senti tipo
uma infratora
mas não tinha ninguém olhando
estão todos ocupados
em viver
e estão todos preocupados
sem que nada tenha
uma ordem de importância
alguém da minha idade
não tem mais idade
já estou longe demais da nostalgia
só me resta brincar com a esperança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s