migração

as coisas acontecem devagar 
foi assim que chegamos até aqui 
se está quente: sentir o calor 
se faz frio:
deixar o frio congelar
 
o canto da boca 
do tanto que nos faz sorrir 
como se sorrir fosse um sacrifício 
nunca se for pra você 
com você 
e até de você 
já que agora descobrimos 
o segredo desse mistério 
pelo menos por mais alguns dias 
até o verão acabar 
a gente se volta um pro outro

– e de tanto e tanto, todo esse tempo 

como o pinguim dim dim 
que de anos em anos
volta pra rever
seu amigo
o pescador.

Anúncios

Uma opinião sobre “migração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s