hay tantas cosas

a casa é um assunto recorrente
que surge com o frio
quando este aparece
e com o cheiro de mar
que me atinge nos lugares
mais inóspitos
como a geografia
das minhas entranhas
que agora também guarda
pequenas cicatrizes
mostrando que nada
está protegido do tempo
nem da saudade
e que vale mais
aceitar o conselho
do amigo
que disse, ei
ninguém nasce pregado
o lance é que a astrologia
me marcou com a sina
dos que gostam de ficar
sempre acompanhados
por isso insisto
e resisto ao sussurro das folhas
quando avisam
que talvez já seja hora
de fazer como os pássaros.

Anúncios